Não adianta fugir, pensou em concurso, vestibular ou qualquer prova que for, pensou em uma quantidade enorme de problemas com gramática para concursos. Por isso, o melhor é ficar ligado e não cair nas armadilhas que a matéria traz.

Pensando nisso, separei 21 dicas fáceis de gramática para você arrasar na prova!

Dicas de gramática para concurso

  1. “Anexo” deve concordar com o substantivo, então pode ser “anexa” e “anexas”;
  2. Se estiver falando de tempo, ele só “faz”;
  3. “Ao encontro de” é quando você está concordando;
  4. “De encontro a” é quando você não está concordando;
  5. Quando for do conhecimento, você está “a par”;
  6. Só existe “a meu ver”;
  7. Quando estiver indo ao contrário é “senão”. “Se não” for do contrário, não é “senão”;
  8. Quando estiver falando de tempo, então é “há”;
  9. Se é “há dois anos”, já quer dizer que foi atrás, não precisa ser redundante;
  10. “Afim” é semelhante, “a fim” é quando está na finalidade de;
  11. No plural “Têm” acento;
  12. “Fim de semana” é o oposto de “início de semana”. Final é de inicial;
  13. “Existe” também existe no plural;
  14. Quando for responder, vai responder sempre “ao”;
  15. “Tampouco” é o mesmo que “nem sequer”, “tão pouco” é quando você exagera o pouco;
  16. Se tiver dúvida entre “chego” e “chegado”, é porque é para usar “chegado”;
  17. Quando é “um pouco” é “meio”. Mas quando for fracionar, ai pode também ser “meia”;
  18. O substantivo é “viagem”, já o verbo é “viajar”;
  19. Mal é o oposto de bem;
  20. Mau é o oposto de bom;
  21. Quando tiver um verbo depois, então é sempre “eu”, nunca o “mim”;

Guarde essas dicas de gramática para concursos públicos

Mas o mais importante disso tudo é estudar! Separar bem a matéria e cair de cabeça nos livros. E quando o assunto é gramática, leia, reflita, escreva, treine.

Gramática se aprende com gramática, portanto é melhor colocar em prática. E não adianta fugir, a gramática está ali em todos os concursos que você for fazer, então não fuja dela.