Será que você deve estudar para um concurso público ou vestibular através de concursos passados? Se você tem ainda essa dúvida, fique sabendo que ela pode sair das suas preocupações. Sim, você deve recorrer às provas passadas.

É lógico que essas dúvidas surgem por insegurança, já que bancas examinadoras diferentes podem ter ideias e propostas diferentes. Porém, a grande verdade é que a maioria do conteúdo não “sai de moda”.

Estude os concursos passados

E a primeira coisa que você aprende com essas provas passadas é entender o estilo da banca que elabora as questões. Algumas empresas preferem grandes textos, outras adoram uma “pegadinha”, há também quem tem muitas questões anuladas e problemas de elaboração, enfim, conhecer melhor o terreno onde você vai pisar.

Isso não fica por aí! Em termos de conteúdo, é bom saber que as questões demoram bastante tempo antes de se tornarem ultrapassadas. Não porque elas já se passaram que elas devem ser esquecidas ou se tornaram obsoletas.

Mas também é bom saber que isso não acontece em todos os casos.

Você pode passar em concurso

Quando o conteúdo está ligado a assuntos como legislação, constituição, leis de diretrizes e bases da educação (entre outras), é preciso ficar ligado nas mudanças que acontecerem no período desde a antiga prova.

Mas isso não é nada que você não consiga tirar de lado.

De qualquer jeito, fazer exercícios de provas antigas é sempre bom para você entrar no clima das provas futuras. E quando você está preparado vai conseguir usar todas essas possibilidades a seu favor.

É bom então ter a capacidade de entender quando isso é relevante e quando não, assim como é muito importante não ser refém de apenas um método de estudo. Os melhores resultados vem sempre com a capacidade de entender que é preciso usar todas as ferramentas à favor de um bom resultado em um concurso público ou vestibular.