Parece fácil, afinal todo mundo domina o idioma na hora de falar, mas será que português para concursos é mesmo uma das partes mais simples das provas? Pode acreditar que não, mas, também, tenha certeza que o quê não faltam são dicas para ir super bem em qualquer prova ou teste.

Mas não se engane, quem vai bem na parte de português de qualquer prova, sai na frente diante da maioria.

Interpretação de texto, gramática, redação e literatura, quanto mais você estiver à vontade com isso, mais fácil de entrar confiante em uma prova de vestibular ou concurso.

Estudar português para concurso

Existem partes do português que acabam caindo na maioria das provas, por isso, é importante prever essas dificuldades.

E a primeira delas é a morfologia, que é o estudo da formação das palavras, seja na formação ou da estrutura. Adjetivos, verbos, pronomes, substantivos, artigos, advérbios, conjunções numerais, interjeições e preposições, tudo é importante na hora de estudar morfologia.

Já sintaxe é o modo como se entende a disposição das palavras em cada frase. Tentar entender o significado completo de cada oração.

Por fim, semântica se aprofunda no significado das palavras e para isso estudas sinônimos, figuras e vícios de linguagem, conotação e denotação, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia.

Língua portuguesa para concursos

Mas ainda assim existem erros recorrentes, por isso é bom prestar muita atenção. E o primeiro deles é ler com cuidado o enunciado e interpretar bem o que ele está pedindo. Um misto de preguiça com falta de atenção pode arruinar sua prova.

O segundo erro que mais surge é o uso da crase. E aqui não tem outro jeito, é preciso estudar muito e chegar preparado na prova.

Ortografia também pode derrubar um candidato, mas talvez o que mais atrapalhe é o emprego errado de pronomes, principalmente quando o assunto são os oblíquos átonos.

Entretanto, o mais importante talvez seja não cair na armadilha de que português é fácil, portanto, estude, entenda, leia muito e preste atenção.